"Conexão Brasil-Alemanha" em Petrópolis, hoje!

A Banda Marcial Imperial Petropolitana
O espetáculo será direcionado a execução de temas brasileiros e temas alemães, com ênfase em ritmos brasileiros e alemães, como: Samba, Choro, Bossa Nova, Festivais da canção, músicas Alemães Típicas, além de temas clássicos de origem alemã.  Este projeto é uma mescla de ideia já realizada pela Banda Marcial Imperial Petropolitana nos anos de 2011 e 2012, com apresentação em 12 comunidades de Petrópolis, inclusive com o apoio da Fundação de Cultura e Turismo, onde eram apresentados temas nacionais. Também já foi aprovado em edital para o Projeto SOM e CRISTAL tendo sido realizado no dia 15 de Setembro de 2012 e para 20 de setembro 2014. 

Além disso, incorpora as músicas típicas alemães executadas durantes os desfiles de abertura e encerramento da Bauernfest com repertório desenvolvido a alguns anos pela bandas marciais petropolitanas. A orquestra OMJIP dará um tom clássico a essa ideia. O espetáculo será apresentado por um grupo selecionado de 15 músicos da Orquestra de Metais Jovem Imperial Petropolitana, denominado: “Conexão: Brasil - Alemanha”. É narrado pelo Regente José Geraldo Rocha de Oliveira, mas conhecido como (maestro Jiboia), onde é discorrido pelo regente um histórico sobre as músicas executadas.

A Diretora da Escola, Eliane Reynaud Soares, apóia o evento e demonstra total interesse que a escola seja um pólo no ensino de música na cidade. O trabalho já é desenvolvido na escola desde 1996 e agora atingiu um nível de maturidade onde foi possível realizar um trabalho desse tipo. A Orquestra esse ano encontra-se apta a captação de Recursos pela Lei Rouanet (Incentivo Federal – Imposto de Renda) e já tem diversos eventos programados em sua agenda. No ano passado, a Banda Marcial, que é Bi-Campeã Estadual (2012/2013) representou o Estado do Rio de Janeiro no Campeonato Nacional em Taubaté – SP nos dias 06 e 07 de Dezembro, tendo conquistado o VICE-CAMPEONATO NACIONAL na categoria Marcial Juvenil. O evento tem a produção executiva de Robson Mello e Luis Fernando Barbosa e a Regência do Maestro José Geraldo Rocha de Oliveira.

(Fonte: Gazeta das Cidades)

Comentários