Oito lojas do SAARA são destruídas por incêndio

Oito lojas e sobrados foram destruídos por um incêndio de grandes proporções que começou por volta das 22h de sexta-feira em uma das sete lojas da Rede Caçula, que fica entre os números 245 e 261 da Rua Buenos Aires, na região conhecida como Saara, mercado popular encravado no coração do Centro do Rio. O Comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Sérgio Simões, em princípio, disse que não descarta a possibilidade de o fogo ter sido criminoso, uma vez que seguranças das lojas do Saara informaram que antes do incêndio teriam visto dois homens no telhado dos prédios onde funcionava a Caçula

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro informou que neste momento a Avenida Passos e a Rua Buenos Aires – no Centro da cidade – estão interditadas devido à operação do Corpo de Bombeiros de combate a incêndio em uma loja localizada na Rua Buenos Aires, entre os números 245 e 271. Agentes da CET-Rio e da Guarda Municipal estão no local e orientam os motoristas. O trânsito não apresenta retenção no momento. Saara. Bombeiros de seis quartéis conseguiram controlar o incêndio depois de cinco horas de trabalho, pois as chamas se propagaram rapidamente pelos ateriais altamente inflamáveis que estavam no estoque das lojas, que trabalham com plástico, isopor, couro, tecidos sintéticos, tintas, solventes e cola.

Um bombeiro chegou a ser atingido quando a fachada do prédio desabou. Ele foi atendido no local e teve ferimentos leves. Não houve registro de outros feridos. A Caçula é uma empresa carioca que, ao longo de mais de três décadas, vem ampliando sua presença no atacado em distintos segmentos como: papelaria e informática, aviamentos, tecidos, bijuteria, carnaval, desenho, pintura e artesanato e bazar. As unidades de negócios são distribuídas entre os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo e oferecem um completo mix de produtos. A Saara é uma associação formada em 1962 pelos comerciantes de uma das mais antigas e dinâmicas áreas comerciais do Centro do Rio de Janeiro e tornou-se de tal maneira popular que passou a identificar todo o trecho do centro circundado pelas ruas dos Andradas, Buenos Aires, Alfândega e Praça da República.

(Fonte: O Globo)

Comentários