Alunos da USP foram denunciados pelo MP

O Ministério Público denunciou 72 alunos da Universidade de São Paulo (USP) pela ocupação da reitoria da instituição no final de 2011. Se a denúncia for aceita, os estudantes serão processados por formação de quadrilha, danos ao patrimônio público, pichação e descumprimento de ordem judicial, de acordo com informações do SBT Brasil. Em 2011, os alunos ocuparam a reitoria da USP por seis dias, em protesto contra a presença da Polícia Militar no campus. Os estudantes só deixaram o local com a chegada da tropa de choque da PM. Para o MP, as provas para processar os 72 alunos foram encontradas dentro do prédio da reitoria: quatro litros de gasolina, seis caixas de rojões e dois isqueiros, além de garrafas de vidro vazias, materiais que poderiam ser usados como bomba caseira, segundo a promotoria. Para o advogado que defende os alunos, a acusação é um exagero. De acordo com Vandré Paladini Ferreira, trata-se de mais uma tentativa do Estado de criminalizar um movimento social que luta por seus direitos. A denúncia do MP ainda será analisada por um dos juízes do Fórum Criminal de São Paulo.

(Fonte: UOL)

Comentários