Chuva deixa prejuízos e desabrigados em Petrópolis

A chuva e os ventos de mais de 60km/h que atingiram Petrópolis, Região Serrana do Rio, no fim da tarde desta terça-feira (22) deixaram quatro pessoas desabrigadas e uma desalojada. Segundo a Defesa Civil da cidade, 20 ocorrências de média e alta gravidade foram registradas. Destas, quinze quedas de árvores e cinco casas parcialmente destruídas. O vento forte destelhou ainda outras 32 residências. Na Serra Velha, uma casa foi atingida por uma árvore e teve o telhado destruído. Nela moravam três adultos e uma criança. O local foi interditado e a família foi para casa de parentes. Um homem, que residia na Comunidade do Neylor, também teve que deixar sua residência e está desalojado. Em Itaipava, a estrutura metálica de uma loja de materiais de construção afundou e uma funcionária ficou levemente ferida. No bairro Thouzet, várias casas tiveram seus telhados danificados. O motorista Jhony Faria, de 48 anos, estava com o pai jogando sinuca quando as telhas de sua casa foram arrancadas pela força do vento.

“Foram dez minutos de ventania. Levamos um susto muito grande ao ver as telhas quebrando e algumas até voando. Uma delas quase atingiu a cabeça do meu pai. Não nos machucamos e isso que importa”, disse. O coordenador da Defesa Civil de Petrópolis, Coronel Carlos Francisco de Paula, informou que as sirenes de alerta só devem ser acionadas quando há grande quantidade de chuva e risco de deslizamentos. “Nosso principal problema foi o vento e a estrutura frágil de algumas casas. O primeiro, segundo e terceiro distritos foram atingidos durante um tempo concentrado e algumas ocorrências foram registradas. O trabalho mais difícil foi de retirar com rapidez as árvores que obstruíam a via. No entanto, mesmo com o fim da chuva e do vento, continuamos de plantão”, afirmou o coordenador. No fim da noite de terça-feira, todas as vias parcialmente interditadas já estavam liberadas.

(Fonte: Portal G1)

Comentários