Petrópolis é a "Capital da Moda" do Estado do Rio

Agora é lei: a cidade de Petrópolis é a Capital da Moda do estado do Rio de Janeiro. É o que garante a lei 6.294/12, de autoria do deputado Luiz Paulo (PSDB), publicada no Diário Oficial do Executivo do dia 11 de julho (quarta-feira). "Petrópolis é uma cidade elegante onde o passado e o presente seguem entrelaçados", afirma o parlamentar, ressaltando que o título pode trazer benefícios para a cidade. "Não se trata da concessão de algum incentivo fiscal, mas é um título que faz com que os olhos se voltem para a cidade e auxilia no marketing, na divulgação desta que é uma das principais atividades econômicas do município", completa. 

Segundo Luiz Paulo, locais como a Rua Teresa, Itaipava e Bingen já são referências do estado, quando o assunto é o comércio e a produção de roupas. "Petrópolis, atualmente, conta com mais de 600 confecções, que geram aproximadamente 20.000 empregos decorrentes de todo o processo produtivo, que inclui a rede de distribuidores e de pontos de venda", explica. O parlamentar frisa que o título de Capital da Moda pode trazer incremento para as vendas, aquecendo a economia local. Petrópolis é a quinta cidade do estado a conquistar um título como este. A lei 5.698/10, de autoria do ex-deputado João Pedro, denomina Búzios como a Capital da Vela no estado, com vistas ao desenvolvimento do esporte. Já a lei 5.720/10, de autoria do ex-deputado Rogério Cabral, considera Nova Friburgo como a Capital da Moda Íntima, em referência à atividade econômica predominante na cidade.

A lei 6.056/11 institui Rio das Ostras como a Capital do Jazz & Blues, e a lei 6.081/11 classifica Macaé como a Capital do Petróleo. As duas normas são de autoria do deputado Sabino (PSC). "Todos os anos é realizado o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, evento que atrai turistas e movimenta a economia da cidade. O título dado pela lei facilita, por exemplo, a captação de patrocínios e a divulgação necessária para eventos como este", pondera o parlamentar.

(Fonte: Portal Fator)

Comentários